Cirurgia de Escoliose

Cirurgia de Escoliose

 

Escoliose é uma anomalia proveniente da coluna vertebral presente em cerca de 3% da população mundial, sendo que a manifestação dessa deformidade é mais incidente em mulheres.

Consiste de uma curvatura que pode ocorrer na região lombar, torácica ou cervical, podendo ser observada pela frente ou pelas costas do paciente (plano coronal), num ângulo maior que 10° que normalmente se manifesta desde a infância e juventude

 

Sobre a cirurgia de Escoliose:


Quando fazer a cirurgia de escoliose?

Cirurgia de Escoliose: ExameO objetivo de uma intervenção cirúrgica é de prevenir ou tratar disfunções respiratórias e síndromes de dor, assim como melhorar a estética através da correção postural. Por isso, o diagnóstico e intervenção precoce são preferenciais para que a progressão das curvas pare até a puberdade. Crianças com curvas de escoliose superiores a 50 graus necessitam de cirurgia para corrigir a curvatura e evitar a sua progressão, que continua acontecendo até mesmo depois da idade adulta se nada for feito, o que pode complicar ainda mais o quadro.

Angulações inferiores a 40 graus normalmente podem receber tratamentos mais conservadores que dispensam a cirurgia da escoliose, como comparecimento a sessões de fisioterapia, o uso de coletes ortopédicos e exercícios mais específicos.

O tipo de doença, a severidade, o prognóstico e a tolerância do paciente a intervenções cirúrgicas influenciam muito na forma que os desvios serão tratados. Logo, é importante salientar que ângulos de escoliose de
40 graus ou mais necessitam de um diagnóstico diferenciado por parte de um especialista em coluna, para que somente assim seja determinado qual será procedimento cirúrgico a ser tomado.

Como é a cirurgia de escoliose?

Cirurgia de Escoliose: FerramentasA cirurgia de escoliose é o maior procedimento de realinhamento do esqueleto que existe. O método utilizado para realizar essa cirurgia é chamado de artrodese da coluna, que consiste de um processo de fundição dos ossos, realinhando as vértebras de modo que se torne um bloco único de osso, evitando assim qualquer progressão do quadro clínico.

As artrodeses usam um material chamado de enxerto ósseo para ajudar a promover o avanço do procedimento. Esses pequenos pedaços de osso são colocados nos espaços entre as vértebras de modo que a artrodese se consolide da mesma forma que um osso quebrado. Para que isso aconteça, hastes de metal são presas com parafusos, ganchos e arames para manter a coluna alinhada enquanto ocorre o processo de consolidação da artrodese.

As hastes utilizadas no procedimento geralmente não precisam ser removidas da coluna posteriormente. Entretanto, algumas poucas pessoas podem necessitar remover para evitar complicações de casos específicos.

Quanto tempo dura uma cirurgia de escoliose?

A duração de uma cirurgia de escoliose normalmente varia entre 3 e 12 horas dependendo do grau de curvatura da deformidade e do número de vértebras que deverão ser corrigidas durante a artrodese. A grande maioria dos casos dura em torno de 6 horas de procedimento.

Como é o pós-operatório da cirurgia de escoliose?

Os primeiros dias após a cirurgia de escoliose são os mais desconfortáveis, mas a maioria dos pacientes relata melhora da dor na primeira semana posterior, com o devido uso de medicamentos controlados pelos profissionais do hospital. Assim que isso acontecer, contanto que consigam caminhar e levantar da cama, será concedida alta hospitalar para que a recuperação seja completada em sua residência, aonde a melhora será gradativa. Em caso de persistência de dor, medicamento via oral será prescrito.

Cirurgia de Escoliose: Recuperação

Quanto tempo de repouso após cirurgia de escoliose?

Com duas a três semanas após a cirurgia, o paciente poderá retomar suas atividades normais, contanto que estas não envolvam esforço físico. Para a garantia dos resultados, um acompanhamento deverá ser feito pelo médico para que este determine a qualidade do resultado e controle o uso de medicamentos.

A administração de medicamentos utilizada pelo paciente por parte do profissional especialista em coluna é importante, pois estes são analgésicos que podem causar dependência. Por isso, o uso não deve passar das primeiras 4 semanas após a cirurgia de escoliose.

A maioria das pessoas sente que as suas costas se normalizam após o primeiro ano da cirurgia, permanecendo com mobilidade suficiente para voltar a rotina do dia-a-dia e participar da maioria das atividades físicas. Porém, antes de retornar a prática de esportes, a artrodese da coluna deve estar totalmente consolidada. Para isso, um período de 6 a 12 meses após a cirurgia é necessário para o caso de esportes de contato físico e de 4 a 6 meses para todas as outras.

 

A Cirurgia de Escoliose na Coluna SP:

A Coluna SP possui um corpo clínico altamente qualificado para a cirurgia de escoliose. Você pode contar com consultas extremamente humanizadas com foco individual e personalizado para cada paciente. Saiba mais e agende uma consulta

 

Somos a ColunaSP  Agende uma consulta com Médicos Especialistas em Coluna em São Paulo

Tratamento e cirurgia de Escoliose com Especialistas em Coluna em SP

A Clínica ( Especializada em tratamento da coluna)

ColunaSP

Av. Pompéia, 634 cj 215 – Ed. Vitrine Offices – Pompéia

São Paulo – CEP 05022-000

Estacionamento com vallet

Telefone: +55 11 3459-2128

WhatsApp: +55 11 99960-1592 | Atendimento das 08h às 20h (após estes horários, você pode deixar um recado que retornaremos)

 

ColunaSP Facebook    ColunaSP YouTube    ColunaSP Instagram